Visitantes

contador grátis

5 de jun de 2010

Encontro de Ressocialização de Foz do Iguaçu



Recordando:
_____________________________________
Nota da Gazeta do Povo:
http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=896270&tit=Ressocializacao-divide-especialistas


Ressocialização divide especialistas
Humanização das cadeias é desafio para a recuperação social de criminosos

Publicado em 15/06/2009 | Foz do Iguaçu - Fabiula Wurmeister, da sucursal
Privação da liberdade não é único mecanismo
A prisão não muda a natureza do homem
A ressocialização de presos no sistema penitenciário vem sendo cada vez mais discutida entre especialistas do Direito Penal. Enquanto mecanismos são criados para possibilitar a reintegração do detento ao convívio em sociedade, correntes contrárias alegam que, sendo a prisão um castigo, a recuperação em alguns casos seria impossível. Por outro lado, um ponto é consenso: falta humanização do cárcere e a garantia da integridade física e moral, direitos expressos na legislação, em específico na Lei de Execução Penal (LEP).

Com opiniões divergentes, o ex-diretor geral do Depen (Departamento Penitenciário Nacional), Maurício Kuehne, e o promotor de Justiça de Goiânia, Haroldo Caetano da Silva, discordam sobre a competência do sistema penitenciário em recuperar criminosos durante o período de cumprimento de sentenças. Enquanto Keuhne defende a reintegração social do indivíduo preso como um dever do Estado, Silva considera o isolamento do preso como uma distorção do sistema, que não consegue atingir a transformação do caráter do indivíduo.


autor de diversas obras relacionadas ao Direito Penal e Ececução Penal como:

________________________________

Nota do:
http://www.mp.go.gov.br/portalweb/conteudo.jsp?page=11&pageLink=1&conteudo=noticia/eecfe71c3f4c50c750ea8849995f9910.html
________________________________
25/05/2009 - Promotor faz palestra sobre ressocialização em seminário promovido pelo Conselho da Comunidade de Foz do Iguaçu

O promotor de Justiça Haroldo Caetano da Silva participa, nesta sexta-feira (29/5), do II Encontro de Ressocialização, que abordará o tema Segurança Pública. O evento, que é promovido pelo Conselho da Comunidade de Foz do Iguaçu (PR), terá início no dia 28, às 19 horas, na Câmara Municipal. Haroldo Caetano fará palestra abordando o tema “Ressocialização – Realidade ou Utopia”. (Cristina Rosa / Assessoria de Comunicação Social
________________________________

autor do livro:




Dr. Mauricio Kuehne, ex-diretor Geral do DEPEN em Brasília, Promotor de Justiça Aposentado, Professor da Faculdade de Direito de Curitiba e da Escola Superior do Ministério Público

E

Dr. Haroldo Caetano da Silva, promotor de Justiça junto à Vara da Execução Penal de Goiânia, Professor do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Goiás


mais e melhores fotos:
http://conselhodacomunidadefoz.blogspot.com/2009_05_01_archive.html


Foi uma belíssima palestra, discussão calorosa, mas por fim concordamos que fazemos "algum trabalho" apesar da prisão, mesmo entendendo que ela não é lugar destinado a contribuir com o desenvolvimento de qualquer pessoa, sendo destinado para outro fim.
Sobre as dificuldades e limitações do que se chama ressocialização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário