Visitantes

contador grátis

28 de mai de 2010

Alvino Augusto de Sá



Vejam só a ironia do destino. Em 1998, se bem me recordo a data, quando ainda fazia faculdade em Bauru, eu tive uma palestra com este homem, numa semana acadêmica. Não achei muito interessante, e confesso até que me retirei antes do término. Quando comecei a trabalhar no sistema penitenciário, em 2002, tive uma grande mestra, Margarete Rodrigues, também psicóloga, diretora nda PEF na época, e depois, tive que buscar conhecimento... embasamento para o meu trabalho. Aí redescobri Alvino. Meus Deus, ele é genial! Tem um curriculum excepcional(nunca vi tão extenso!
Aposentado como psicólogo do sistema penitenciário de São Paulo, é doutor, professor de Criminologia da USP. E aí comecei a ler seus escritos.
Digo sempre que é questão de amadurecimento, também da aquisição e absorção do conhecimento. Tem épocas da vida, e principalmente na faculdade, que o número de informações é demasiado, e que, quando assimilamos à prática, ele tem outro sentido. Tive que referendá-lo. O admiro, sou mesmo sua fã.De uma experiência indiscutível, e de uma produção bibliográfica rara. Escreveu obras como: ¨Criminologia Clínica e Psicologia Criminal¨, editado pela RT.

Em 2008 tivemos, eu e meu colega Werner, que assumiu o concurso comigo, o prazer de recebê-lo em Foz do Iguaçu para uma palestra. Momento inesquecível. Quisera eu, ser sua aluna do mestrado da USP!


Para relembrar, fotos de sua palestra no Hotel Bella Itália, e depois autografando livros para seu público.


Um comentário:

  1. caro professor, amei seu livro a criminologia clinica...perfeito. como o senhor usa as leis da psicanalise para explicar o desenvolvimento da criança e o que leva ela até o comportamento violento no futuro. como profissional do direito, o senhor é um otimo psicologo.rs. se tudo que o senhor destacou no seu livro fosse colocado em pratica o sistema prissional no brasil seria outro.

    ResponderExcluir