Visitantes

contador grátis

18 de out de 2013

Tráfico de Pessoas

Nos dias 07 e 08 de outubro de 2013 foi realizada em Foz do Iguaçu a I Conferência Estadual para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado do Paraná, promovida pela SEJU -PR.

O evento deveria ter contado com uma participação mais efetiva das inúmeras cidades do Paraná, mas foi de muito proveito para esclarecimentos e engajamento dos interessados presentes.

http://portal.mj.gov.br/main.asp?View={E8833249-5827-4772-BDC6-D7F1D880AD41}&BrowserType=NN&LangID=pt-br&params=itemID%3D{B5014675-B763-4282-891A-784E0688387A}%3B&UIPartUID={2868BA3C-1C72-4347-BE11-A26F70F4CB26}


Saiba mais:
http://enditmovement.com/

Atendimento psicológico às presas do CRESFI

 O Centro de Ressocialização Feminino de Foz do Iguaçu- CRESFI, tem conseguido melhoras nas condições gerais das mulheres que ali se encontram presas. O Conselho da Comunidade é um constante parceiro para o alcance dessas melhorias.
 http://conselhodacomunidadefoz.blogspot.com.br/2013/10/o-centro-de-ressocializacao-feminino.html

Há um mês estamos realizando um novo projeto na unidade prisional feminina em Foz do Iguaçu. Uma vez por semana esta psicóloga lotada na Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu destina um dia da semana para atendimento psicológico dessas mulheres presas. Também são atendidas as urgências/ emergências da Cadeia Pública Laudemir Neves - CPLN.  Também a psicóloga Monica Cielo Vedoin vem prestando apoio às necessidades de atendimento e avaliação psicólogica dos presos da PEF - II, tenho em vista o número insuficiente de profissionais para atender a demanda. Mas temos organizado e distribuído o trabalho que nos é possível, e tem sido muito gratificante contribuir.


O tempo da prisão, com o distanciamento do meio social,  pode servir à reflexões sobre sua vida. Também o afastamento das pessoas que se ama, pode também fazê-las reavaliar sua conduta e seus próprios valores.
As perdas e os sofrimentos aparecem e trabalhar com suas emoções pode contribuir para uma reestruturação de sua vida, com novos projetos idealizados.





CFP - Chapa 21 - Renovação, compromisso com a profissão.

Chapa 21.

Em agosto deste ano de 2013 tivemos eleições no Conselho Federal de Psicologia, bem como nos conselhos regionais de Psicologia. Estive em luta junto com outros colegas de profissão, que acreditam que a nossa Psicologia precisa rever seus rumos. Precisa estar mais perto de seus psicólogos e também das necessidades sociais, sem descaracterizar-se enquanto ciência, desenvolvendo-se com dignidade e respeito, e renovando seu caminhar. Como houveram 3 chapas concorrentes, os votos foram divididos e neste momento, a chapa Fortalecer ganhou a disputa. Esperamos que realizem um bom trabalho junto à categoria!

Aqui, agradeço imensamente o apoio de psicólogos, alunos e outros colegas, pois cada voto de confiança nos faz seguir e continuar acreditando na nossa PSICOLOGIA.

Beijo grande e abraço fraterno!

Karine Belmont Chaves
CRP 08/09262 (origem 06/58602-3)


Mestrado UNIOESTE: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu – SOCIEDADE, CULTURA E FRONTEIRAS


 Finalmente MESTRE em fevereiro de 2013. Agradeço imensamente aos colegas, professores, amigos, alunos e familiares. E à minha orientadora Regina Coeli Machado e Silva, que pacientemente guiou meus passos. Fiz o possível para aquele momento da minha vida, em outros, tenho sempre a esperança de ser melhor.

Aos que tem curiosidade pelo tema, divido com gosto minha dissertação:

"Tatuagem na prisão: estigma & identidade"

 Acesse: http://www.unioeste.br/tede/  
ao lado de início, coloque em busca, karine belmont chaves, e a encontrará na segunda página.

Super abraço!

 http://www.unioeste.br/tede/


Artigo: "A tatuagem na prisão? considerações acerca da identidade e do estigma."

Aos poucos espero retomar o gosto de escrever e estar aqui dividindo um pouco do meu trabalho com vocês. Estive ausente por um tempo, muito em função do mestrado que se iniciou em 2011 e teve seu término em fevereiro de 2013.
Neste tempo, sei que muitos visualizaram esse singelo blog e recebi muitos emails com palavras de pessoas interessadas e em busca de conhecimento, e muitas com extrema docilidade. Agradeço por sua leitura e torço imensamente pelo seu caminho!

um abraço!
 Karine 

Neste tempo, tivemos uma publicação em uma revista local chamada Pleiade, da Faculdade Uniamérica, aqui vai o link:
http://www.uniamerica.br/site/revista/index.php/pleiade/article/view/176

Patronato Penitenciário Municipal de Foz do Iguaçu

 No ano de 2013 um grande acontecimento para Foz do Iguaçu:  a criação do primeiro patronato penitenciário municipal do país de que se tem notícia. O Patronato Penitenciário Municipal de Foz do Iguaçu já passou por diversos trâmites legais e agora, com uma equipe já formada, em convênio entre a prefeitura, Unioeste e Itaipu, aguarda o término da reforma da casa cedida pelo governo do Estado do Paraná.

Esta é uma possibilidade de ampliação da estrutura de suporte para acompanhamento dos egressos do sistema penitenciário, que cumprem pena em regime aberto e liberdade condicional, e ainda outros beneficiários da Justiça, que recebem penas e medidas alternativas, como a prestação de serviço à comunidade, por exemplo.

Sabemos a importância dos investimentos necessários para a reintegração social, daquele que se encontra num conflito com a Justiça e precisa fazer as pazes para uma boa convivência social.

Estive acompanhando a reestruturação do programa, e há alguns meses retornei à minha unidade penal de origem, a Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu, pela qual tenho um grande carinho e gosto por trabalhar desde a sua inauguração em 2002.

Boa sorte aos novos colegas envolvidos neste processo, e que a comunidade seja favorecida com vosso trabalho! 



http://www.pmfi.pr.gov.br/noticia/31186/Patronato-Penitenci%E1rio-Municipal-

21 de jun de 2012

Pró-egresso



 Pois bem, este ano me cederam pro Programa PRÓ-EGRESSO em Foz do Iguaçu, e só de vez em quando apareço pra dar uma ajudinha na PEF. Embora com saudades de um trabalho de quase 10 anos, o trabalho com egressos também tem sido uma experiência muito rica.

 O Programa Pró-egresso é uma unidade do DEPEN -PR similar aos Patronatos (que temos no Paraná em Curitiba e Londrina). Os Pró-egressos existem em aproximadamente 17 comarcas no estado.

 São objetivos do Programa Pró-egresso (e patronatos):
• Prestar assistência aos albergados e aos egressos.
• Fiscalizar o cumprimento das penas de prestação de serviço à comunidade e de limitação de fim-de-semana.
• Orientar os condenados à pena restritiva de direitos.
• Colaborar na fiscalização do cumprimento das condições da suspensão e do livramento condicional.
• Acompanhar os egressos no seu cumprimento da pena. • Desenvolver projetos de pesquisa para se obter dados reais sobre a situação da criminalidade e o cumprimento pena da PSC.

(do site http://www.depen.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=38 em 20/06/12)